Infelicidade, uma constante presente em todo ser humano.

Ah, os seres humanos! Essas criaturas belas e terríveis que são capazes de fazerem coisas absurdamente admiráveis ou desprezíveis. E todos nós somos humanos (ou talvez você seja um alien, ou alguma criatura mágica. Se você for, desconsidere essa parte). Nós como humanos temos uma maldita maniazinha de sempre nos sentirmos infelizes. Lembro de ter escutado ou lido em algum lugar alguma vez que humanos são os únicos bichos que acham que deveriam ser felizes enquanto os outros animais simplesmente são. 
Isso é bem verdade não é? E estive pensando a respeito da minha infelicidade. Não, eu não sou uma pessoa infeliz. Ouso dizer que sou muito feliz com a minha vida, obrigada. Apesar dos pesares e outros pequenos infortúnios aqui e ali, no geral eu consigo lidar com tudo muito bem. Mas sempre chegará um momento ou outro onde me pego pensando como felicidade plena é algo difícil de alcançar... Porque bem, você nunca tem o que você quer. Ou pior ainda, quando você acha que tem tudo que queria, mas ainda sim sente que falta algo, sabe? Acredito que isso aconteça com todos nós. 
Partindo disso de felicidade, as pessoas sempre tentam alcançá-la. Apesar de eu ser muito feliz agora, como já havia dito, existe uma felicidade maior que aguardo ansiosamente. Mas infelizmente ela está muito lá na frente, no meu futuro e eu não posso adiantá-la para agora. 
Essa felicidade maior tem haver com o meu querer. O que eu quero para a minha vida, sabe? Eu sou uma pessoa muito determinada, quando eu quero algo, eu quero e eu vou conseguir, pois eu não aceito outra coisa menor como um prêmio de consolo. O que eu quero? Bem, eu acho melhor deixar apenas nos meus planos dentro da minha cabeça para não atrair mal agouro. 
Essa felicidade, esse querer funciona (acredito eu), mais ou menos como combustível para as pessoas seguirem em frente. Quando você está determinado a conseguir algo, você irá lutar até tê-lo, ou você desiste no meio do caminho, mas sempre haverá outras coisas para qual você vai correr atrás.
Mas a questão toda aqui sobre felicidade e querer e o problema que elas podem te causar. Quais problemas? Oras! Estou dizendo quando você abre mão de outros pequenos quereres por uma ambição maior. Esse é o meu caso. E sim, esse é um pequeno desabafo de uma pequena insegurança minha. Apesar de toda minha determinação e minha certeza, às vezes temo por estar abrindo mão de coisinhas pequenas por conta da minha felicidade maior e não conseguir alcançá-la. 
Falhar, o medo de falhar é terrível. Não falhar com os outros, mas falhar consigo mesmo. Tenho medo de perder o que é grande e o que é pequeno. Tenho medo de alcançar a felicidade maior e ter perdido as pequenas e boas coisas que me são fundamentais. Eu espero francamente que quando eu alcançar tudo que quero eu consiga também ter os meus pequenos quereres, meus pequenos desejos, mesmo que eles não sejam da forma que eu idealizei, eu espero dar um jeito.
Espero sinceramente que quando eu alcançar a minha felicidade maior, o meu grande querer não seja algo frustrado que ainda irá deixar um buraco permanecendo no meu peito. É desesperadora a idéia de conseguir tudo que você achava que te faria feliz e ver que elas não te fizeram tão feliz assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário